Faq's

  • 1. O que são/como funcionam

    1.1 - Porque é que os carros diesel vem equipados agora com filtro de partículas?

    1 Por questões de saúde e ambiente. A utilização destes filtros elimina as partículas produzidas pela combustão dos motores diesel.

    1.2 - Que tipo de doenças pode causar ?

    Doenças respiratórias e de coração.

    1.3 - Existem vários tipos de filtros?

    Sim, dois tipos. Os que usam aditivos e os sem aditivos.

    1.4 - Onde estão estes filtros?

    Estão posicionados na linha de escape. Os que não usam aditivos são colocados junto ao motor e os que usam aditivos normalmente mais longe do motor.

    1.5 - Que diferença no filtro utilizado a saída do colector de escape e um posicionado mais longe do colector de escape?

    O filtro que é utilizado á saída do motor tem integrado também um catalisador de oxidação , revestido com platina o que faz elevar a temperatura dos gases de escape para ajudar a queimar as partículas de fuligem. O outro tipo de filtro requer o uso de aditivos para baixar o ponto de queima das partículas ,porque a temperatura de funcionamento destes filtros é mais baixa.

    1.6 - São feitos de quê?

    2 São feitos de um monólito cerâmico e ao contrário dos catalisadores os canais por onde passam os gases estão bloqueados para apanhar as partículas de fuligem.

    1.7 - Se os canais estão tapados como passam os gases?

    As paredes destes canais são porosas e por isso os gases passam, ficando presas apenas as partículas.

    1.8 - Então a função do filtro de partículas é apanhar estas partículas de fuligem?

    Sim, mas também queima-las para que o filtro não fique bloqueado.

    1.9 - De que forma é que são queimadas estas partículas?

    Através da regeneração passiva ou activa. A regeneração passiva acontece automaticamente em trajectos em auto-estrada em que a temperatura dos gases de escape atingem 350ºc -500ºc. Como a temperatura é elevada dá-se a queima das partículas de fuligem. A regeneração activa é necessária, quando se utiliza os veículos só em trajectos curtos ou em cidade. A unidade de control do motor através dos sensores detecta esta situação de acumulação de fuligem de cerca 45% não queimada em filtros que não usam aditivos e inicia então uma injecção mais prolongada de combustível para aumentar a temperatura dos gases para 600º de forma a que se possam queimar as partículas e o filtro não fique bloqueado.

  • 2. AVISOS DE UTILIZAÇÃO/CONSELHOS

    2.1 - Trajectos de para -arranca prolongados podem ser problema para a regeneração dos filtros?

    Sim. Quando a unidade de controle do motor detecta a necessidade de uma regeneração activa, conta que o condutor conduza a velocidade superior a 60 km/ hora. Se condutor parar ou baixar de velocidade, a regeneração não acontece. Se a regeneração não acontecer durante duas tentativas de 15 minutos, o nível de partículas no filtro sobe para 50% e a luz avisadora do filtro de partículas acende no painel de instrumentos.

    2.2 - O que fazer neste caso em que a luz avisadora acabou de acender?

    O que aconselhável é conduzir o carro a velocidade superior a 70km hora de forma a poder queimar as partículas acumuladas. Se não apagar deve-se consultar um especialista.

    2.3 - O que acontece se continuar a conduzir com a luz acesa?

    A luz normalmente fica acesa acima dos 55% de acumulação de partículas dentro do filtro.Se ignorar a luz e continuar a conduzir a velocidades não apropriadas para a regeneração, a fuligem irá continuar a acumular até que aos 75% outras luzes no painel de instrumentos se vão acender. A partir de agora deve imediatamente dirigir-se a uma oficina.

    2.4 - E se não o fizer?

    Vai acabar por danificar o filtro irremediavelmente, sendo necessária a substituição por um novo.

    2.5 - O carro pode deixar de andar?

    Sim. Os gases vão ter cada vez mais dificuldade em passar pelo filtro o que vai causar uma contra pressão exagerada no motor, causando assim perda de rendimento e um consumo elevado de combustível. Em ultimo caso o motor deixa de funcionar.

    2.6 - E no caso do grupo Peugeot/Citroen e nalguns modelos Ford que usam aditivos?

    A queima das partículas acontece a uma temperatura inferior +-500ºc e por isso consegue-se que o filtro regenere a velocidades mais baixas.

    2.7 - Pode acontecer que em condução em auto-estrada em carros equipados com filtros com aditivos que a regeneração não aconteça?

    Pode. Se fizer muitos trajectos em auto-estrada em sexta velocidade.

    2.8 - Porquê em sexta-velocidade ?

    Com a sexta velocidade engrenada a rotação do motor é baixa, o que pode fazer com que o motor não atinja a temperatura ideal.

    2.9 - Nestes casos o que fazer?

    Fazer uma condução numa mudança inferior durante alguns km para a temperatura dos gases de escape aumentar.

    2.10 - Há casos em que uma regeneração forçada já não possivel?

    Em muitos casos este tipo de regeneração já não é possível quando o nível de partículas existentes no filtro é elevado e carro tenha entrado em modo de segurança ou já não se consegue por sequer o carro a trabalhar.

    2.11 - Há risco de incendio numa regeneração forçada?

    O risco de incendio é real , pois  o sistema de escape vai ter que gerar temperaturas a rondar os 600º para poder efectuar a queima da fuligem. Cuidado portanto onde e quando esta regeneração é feita.

    2.12 - Quando se devem substituir os filtros de partículas?

    Mesmo não estando bloqueados os filtros durante o seu ciclo de vida , vão acumulando nas paredes dos canais algum óleo proveniente do motor, cinzas resultantes da combustão das partículas e outros resíduos do motor. A partir dos 100 000 a 160 000 km deve-se proceder a sua substituição após verificação.

    2.13 - Que cuidados deve ter um profissional ao fazer um diagnóstico a um filtro de partículas?

    Antes da substituição do filtro ou limpeza deve verificar o funcionamento do seguinte:   -Sensores de pressão do filtro; -Válvula EGR -Tipo de óleo; -Funcionamento do Turbo; -Sondas de temperatura; -Sondas de oxigénio; -Catalisador partido ou obstruído; -Injectores de combustível; -Incorrecto nível de aditivo(quando aplicável). Outros sensores que possam ter posto o motor em modo de segurança.

  • 3. FUNÇÃO DO ADITIVO NO FILTRO DE PARTICULAS

    3.1 - Qual a função do aditivo?

    A função do aditivo é baixar o ponto de ignição das partículas de fuligem 650º-600º para 500ºc, o que permite circular a uma velocidade mais reduzida.

    3.2 - Como funciona?

    O aditivo é armazenado num deposito separado e mistura-se automaticamente com o combustível no seu deposito, sempre que se enche o deposito de gasóleo, por indicação de sensores no sistema de controle do motor, que assim mantém um rácio de aditivo adequado.

  • 4. SERVIÇO DE LIMPEZA

    4.1 - Porque é que uma regeneração forçada, não elimina todos os resíduos?

    Porque há resíduos(cinzas) que vão ficando a cada regeneração, que só são possíveis de remover por profissionais com o correcto equipamento.

    4.2 - Há riscos de danificar o filtro de partículas se não se usar o processo de limpeza correcto?

    Há. A maior parte dos filtros que equipam os veículos ,são do tipo combinado(catalisador e filtro de partículas), que são revestidos nas suas paredes interiores com metais preciosos.Ao utilizar tecnologia não própria para a limpeza, esses mesmos metais preciosos podem ser removidos, afectando posteriormente o funcionamento do filtro, levando a que o filtro não regenere e assim deixe de funcionar, tendo como única alternativa a compra de um  filtro novo.

    4.3 - Há filtros que não dão para limpar?

    Há.Filtros que tenham a cerâmica já partida, filtros que tenham sido alvo de intervenção por outros profissionais que não tenham usado o processo correcto de limpeza.

    4.4 - O que torna o serviço de limpeza da Interescape diferente de outras ofertas no mercado?

    0000045901_en

    1-Tecnologia própria para a limpeza do filtros de partículas diesel, sem danificar o filtro, única no mercado nacional com certificaçao TÜVRheinland 2-Emissão de comprovativo de limpeza, com teste antes e depois da limpeza do filtro, garantindo a limpeza. 3-Garantia do serviço

    4.5 - Também limpam filtros de veículos pesados?

    Sim.Os nossos equipamentos dão para a limpeza de qualquer filtro usado em veículos pesados ou filtros usados em equipamento industriais.

    4-6 - Depois do vosso serviço de limpeza, o filtro fica com a mesma eficiência de um novo?

    Sim. As excepções, serão filtros que tenham sido alvo de limpezas por empresas ou indivíduos sem o equipamento adequado. Nestes  casos não podemos garantir a eficiência do filtro. Ver resposta 4.2

  • 5. AdBlue® Technology

    5.1-O que é AdBlue® Technology

    A tecnologia AdBlue é um dos sistemas utilizados pela Volkswagen na redução das emissões dos seus automóveis diesel, alcançando essa melhoria através de um conjunto de processos que se efetuam dentro do próprio motor. Este sistema utiliza um aditivo, com o próprio nome AdBlue, criado à base de ureia e água desmineralizada, que tem um tanque próprio e pode ser adquirido em diversos locais.

    Neste vídeo é explicada a forma como esta tecnologia consegue, através do Catalisador de Redução Catalítica, melhorar as prestações ambientais dos modelos da Volkswagen, num processo que ocorre no sistema de escape do automóvel. Quando os gases da combustão chegam a este ponto (após terem passado pelo turbo) recebem a mistura AdBlue diretamente, dando início a um processo químico que transforma o óxido de nitrogénio (NOx) em água e nitrogénio. Este sistema faz uso de diversos sensores para fornecer sempre a quantidade perfeita de AdBlue para realizar esta reação química e outra das situações a que a Volkswagen teve atenção foi ao facto deste aditivo congelar abaixo dos 11º Celsius, motivo pelo qual o tanque tem um sistema próprio de aquecimento. Embora o consumo de AdBlue dependa do peso do automóvel e das características de condução, o fabricante germânico refere que em média é gasto 1,5L deste produto a cada mil quilómetros.

    Outra das preocupações está no facto do veículo dever ter, obrigatoriamente, sempre AdBlue no tanque, sendo apresentado um aviso quando a quantidade existente permite fazer apenas 3500 quilómetros, sendo posteriormente dado uma nova chamada de atenção quando se chega aos 1000 quilómetros.

    Veja o funcionamento do sistema AdBlue em vídeo:

  • 6. Condições de Venda

    Condições de Venda

    Termos e Condições Gerais de

    Prestação de Serviços de Reparação e/ou Limpeza de Sistemas de Escapes, Catalisadores e Filtros de Partículas de Veículos Automóveis:

    Os presentes Termos e Condições Gerais de Prestação de Serviços de Reparação e/ou Limpeza de Sistemas de Escapes, Catalisadores e Filtros de Partículas de Veículos Automóveis (“TCG”) aplicam-se, salvo acordo expresso em contrário, entre as Partes contratantes no âmbito da prestação de serviços contratados à Interescape – Fabricação de Escapes para Automóveis, Lda. (“Interescape”) pelo cliente (“Cliente”), nos termos das cláusulas seguintes:

    1. Aceitação Integral e Sem Reservas
    2. Os presentes TCG são facultados, por escrito ou estão disponibilizados em www.interescape.com, em momento prévio à formalização da prestação de serviços de reparação e/ou limpeza de sistemas de escapes, catalisadores e filtros de partículas de veículos automóveis (“Serviços”) por parte do Cliente.
    3. A formalização da prestação dos Serviços e/ou a aceitação da factura pelo Cliente implicam a aceitação integral e sem reservas dos presentes TCG, presumindo-se, ainda que tal não seja expressamente referido, que o Cliente tem conhecimento integral de todas as cláusulas que compõem os presentes TCG, bem como o seu alcance, com exclusão de todas as cláusulas que não tenham sido expressamente aceites pela Interescape e não constem de documento escrito acordado e assinado pela Interescape e pelo Cliente.
    4. Quaisquer alterações ou aditamentos aos presentes TCG apenas serão válidas se feitas por escrito e assinadas pelas Partes.
    1. Preço e Alterações De Preço
    2. Sem prejuízo do que venha a ser acordado entre a Interescape e o Cliente, o preço da prestação dos Serviços será o preço em vigor na Interescape no momento da emissão da respectiva factura, ao qual acrescerá IVA à taxa legal em vigor, bem como quaisquer encargos, impostos, tarifas, direitos aduaneiros, taxas ou outros tributos, ou ainda quaisquer taxas bancárias, que sejam relacionados com os mesmos.
    3. Todos os preços apresentados para prestação dos Serviços podem ser alterados sem aviso prévio.
    4. Caso a Interescape conclua que, em virtude de imposição legal, regulamentar, administrativa ou judicial, se encontra impedida de prestar os Serviços, poderá, sem necessidade de aviso prévio e sem incorrer em qualquer responsabilidade perante o Cliente, cancelar quaisquer futuras prestações dos Serviços.

     

    1. Pagamento
    2. A Interescape emitirá uma factura para o Cliente pela prestação dos Serviços.
    3. Salvo indicação expressa em contrário constante da respectiva factura, as facturas vencem-se no dia da sua emissão.
    4. O incumprimento, pelo Cliente, da obrigação de pagamento à Interescape de quaisquer quantias vencidas concede à Interescape o direito de, automaticamente, sem necessidade de qualquer notificação prévia, e sem prejuízo de outros direitos que lhe assistam, (i) suspender e/ou rejeitar a realização de quaisquer Serviços futuros, (ii) aplicar, numa base diária, juros de mora à taxa legal em vigor nos termos do disposto no artigo 102.º do Código Comercial, relativamente a quaisquer quantias não liquidadas na data de vencimento desde a data do vencimento até à data em que ocorra o efectivo pagamento e (iii) exigir ao Cliente o pagamento de todas as despesas judiciais, extrajudiciais, incluindo despesas administrativas e honorários de Advogado e Solicitador, em que a Interescape incorra para assegurar a satisfação do seu crédito.
    1. Direito de retenção

    A Interescape reserva-se o direito, nos termos legais, a reter o veículo em seu poder até que seja liquidado o valor da reparação.

    1. Limitação de Responsabilidade
    2. Os veículos entregues para realização dos Serviços estão cobertos pelo seguro de responsabilidade da Interescape.
    3. A Interescape em nenhuma ocasião será responsável por objectos deixados dentro dos veículos e que não tenham sido, pessoalmente, entregues aos recepcionistas da Interescape.
    4. Salvo o disposto na alínea seguinte, a Interescape em nenhuma ocasião será responsável perante o Cliente por quaisquer danos, indirectos, consequentes ou especiais (incluindo, designadamente, os relativos a perdas de produção, receitas, lucros, clientes, reputação ou valor das suas acções), designadamente, mas não limitados a, danos em peças ou acessórios do veículo, que possam resultar em função da prestação dos Serviços.
    5. Os resultados dos serviços de limpeza de filtro de partículas de veículos automóveis efectuados pela Interescape garantem a reposição da eficiência do filtro de partículas em 98%. Esta garantia cessa (i) caso haja a intervenção de oficinas estranhas à Interescape, (ii) caso o veículo seja sujeito a uso indevido, abuso ou negligência, designadamente falta de manutenção nos períodos indicados pelo fabricante das marcas e realização fora das oficinas e/ou concessionários oficiais das marcas, (iii) falta de realização de inspecção dentro dos períodos indicados, (iv) em casos de ineficiência ou avaria de outros componentes mecanicamente ligados ao filtro de partículas ou (v) caso haja excessiva condução em circuitos urbanos.
    1. Eficácia
    2. As presentes TCG vinculam as Partes, seus sucessores e cessionários, podendo apenas ser afastadas por disposição especial constante de acordo escrito.
    3. Caso alguma disposição das presentes TCG ou do dito acordo escrito seja considerada, por qualquer Tribunal ou jurisdição competente, como inválida, nula ou inexequível, as restantes cláusulas e condições permanecerão plenamente válidas e não serão afectadas, anuladas ou invalidadas, e as Partes procederão à substituição da disposição inválida ou inexequível por outra, por forma a que as presentes TCG e/ou dito acordo escrito se mantenham plenamente válidas, efectivas e exequíveis.
    1. Renúncia de Direitos

    As Partes expressamente reconhecem que, a menos que de acordo escrito ou das presentes TCG resulte o contrário, (i) nenhum incumprimento ou mora no cumprimento por parte de qualquer Parte no exercício dos seus direitos corresponderá a uma renúncia ou restrição ao seu exercício, e (ii) o exercício isolado ou parcial de qualquer direito não preclude o exercício do mesmo na sua totalidade ou qualquer direito adicional que lhes assista.

    1. Lei aplicável e jurisdição

    As presentes TCG ficam sujeitas à lei Portuguesa, sendo competente para a resolução de quaisquer conflitos emergentes destas, o foro da Comarca do Porto, sem prejuízo dos meios alternativos de resolução de litígios colocados à disposição do Cliente e disponibilizados em www.interescape.com

  • 7. Política de Privacidade

    Política de Privacidade

    Esta declaração de garantia de privacidade de dados aplica-se especifica e exclusivamente ao serviço da INTERESCAPE

    A Internet é um instrumento de comunicação fabuloso. De dia para dia apercebemo-nos da sua crescente importância na nossa vida, pois basta um clicar no rato do nosso computador e o mundo fica aos nossos pés. As pessoas ficam mais próximas, as experiências são mais rapidamente difundidas. A evolução da sociedade é, hoje em dia, galopante.

    Por todas estas razões e para que todos confiem cada vez mais neste meio de comunicação, é importante para a INTERESCAPE que todos os utilizadores dos seus serviços e visitantes das suas páginas tenham garantida a confidencialidade dos seus dados.

    Quando pedimos o seu nome, morada, telefone, habilitações literárias, entre outros, temos como objectivo manter um relacionamento mais próximo com os nossos utilizadores. Com o seu registo, passamos a tratá-lo pelo seu nome próprio, ficamos mais próximos de si e podemos responder às suas necessidades ou pedidos com mais eficácia.

    Se por algum motivo, a INTERESCAPE sentir necessidade de actualizar a política de privacidade, você será o primeiro a ser informado.

    A INTERESCAPE garante que estas informações NÃO SERÃO utilizadas em nenhuma lista com fins promocionais via correio electrónico ou telefónico, nem serão divulgados a qualquer outra organização ou empresa. A INTERESCAPE compromete-se a proteger a sua privacidade e irá fazer um grande esforço para garantir o uso de uma tecnologia suficientemente eficaz para que a sua experiência on-line seja de dia para dia mais segura e os seus relacionamentos na Web cada vez mais reforçados.

    Sobre qualquer questão que tenha relativa a este compromisso, não hesite em contactar.

    Propriedade Intelectual

    Este sitio web e o seu conteúdo encontra-se protegido pelas leis portuguesas e internacionais sob propriedade Intelectual e Industrial.
    Fica expressamente proibido, a reprodução total ou parcial deste sitio da web, sem a autorização expressa e por escrito da Interescape Lda.

    Informação referente ao uso do endereço de contacto patente na página web
    O envio de um e-mail utilizando os endereços de contacto que aparecem na página, implica o consentimento expresso do utilizador para o uso da Interescape Lda. desse endereço de e-mail a fim de  dar resposta ao pedido de consulta via e-mail ou outro meio de comunicação electrónica equivalente.

    Cláusula de direitos de autor e direitos de propriedade industrial
    Cabe à Interescape Lda, o exercício exclusivo dos direitos de autor referentes a esta página web e qualquer acto de distribuição ou comunicação pública, reprodução ou armazenamento total ou parcial, deve efectuar-se com o aviso prévio dos responsáveis da Interescape Lda.
    Esta página web contém ligações a outras páginas web geridas por terceiros. O objectivo destas ligações é facilitar aos utilizadores a informação existente na rede que possa ser de interesse. A Interescape Lda., não é responsável pela informação referenciada nestas ligações, pelo que o utilizador quando acede tem responsabilidade exclusiva do conteúdo e das condições de utilização referidas nas mesmas.
    A Interescape Lda não garante que o seu sitio da web se encontre sempre activo, nem que o seu conteúdo seja completo ou exacto continuamente.
    A Interescape Lda não é responsável pelos danos ou prejuízos, directos ou indirectos, que resultem da utilização ou da informação descrita neste sítio da web.
    A Interescape Lda tem o direito de alterar as especificações dos produtos e serviços deste sitio da web.

    Em caso de Litígio

    Em cumprimento da lei nº 144/2015, informamos os senhores consumidores que, em caso de litígio, dispõem de meios alternativos de resolução de litígios:

     

    • CASA – Centro de Arbitragem do Sector Automóvel

    www.centroarbitragemsectorauto.pt

    Av. da República, nº 44, 3º Esq.

    1050-194 Lisboa

    Telef. 217 951 696  Fax: 217 952 122

    E-mail: info@arbitragemauto.pt

     

     

    • Centro de Informação de Consumo e Arbitragem do Porto

    www.cicap.pt

    Rua Damião de Góis, 31 – Loja 6

    4050-225 Porto

    Telef. 225 508 349  Fax: 225 026 109

    E-mail: cicap@mail.telepac.pt

     

    • CNIACC – Centro Nacional de Informação e Arbitragem de Conflitos de Consumo

    www.arbitragemdeconsumo.org

    Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa

    Campus de Campolide

    1099-032 Lisboa

    Telef. 213 847 484  Fax: 213 845 201

    E-mail: cniacc@fd.unl.pt

     

    • Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa

    www.centroarbitragemlisboa.pt

    Rua dos Douradores, 116, 2º

    1100-207 Lisboa

    Telef. 218 807 000  Fax: 218 807 038

    E-mail: jurídico@centroarbitragemlisboa.pt